Terapia Cognitivo Comportamental2019-02-19T21:07:35+00:00

TCC | Terapia Cognitivo Comportamental

O que é?

A Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) é uma intervenção focada no desenvolvimento da saúde mental. No processo terapêutico, formas de ver o mundo, pensamentos e comportamentos distorcidos ou pouco adaptativos são desafiados e, com o tempo, vão se transformando levando a melhora da regulação emocional e ao desenvolvimento de estratégias pessoais de enfrentamento focadas na solução de problemas atuais. A TCC pode ser empregada desde a infância até a velhice.

Esse modelo de psicoterapia é baseado em princípios básicos das psicologias comportamental e cognitiva. Diferentemente de outras abordagens históricas, em que o(a) terapeuta busca por significados inconscientes subjacentes ao comportamento para formular um diagnóstico, a TCC é focada no problema e orientada para a ação. Por isso, no mundo inteiro, a TCC é bastante usada para tratar problemas específicos relacionados a vários transtornos mentais, como depressão, ansiedade, pânico, fobias específicas, insônia, estresse pós-traumático, obsessão-compulsão, transtorno afetivo bipolar, transtornos psicóticos, risco para suicídio, disfunções sexuais, déficit de atenção/hiperatividade, problemas de conduta, abuso e dependência de substâncias, entre outros. Além disso, a TCC é utilizada para o manejo do estresse, baixa autoestima, dificuldades em relacionamentos, luto, separação/divórcio e questões relacionadas com orientação e identidade sexual.

O papel do(a) terapeuta na TCC é ajudar o(a) cliente a encontrar e praticar estratégias efetivas para atingir seus objetivos e diminuir os sintomas do transtorno ou do que lhe causa sofrimento. A terapia se pauta na crença de que pensamentos distorcidos e comportamentos mal adaptativos têm um papel na manutenção de problemas psicológicos e de que tanto os sintomas como o sofrimento associado podem ser reduzidos através da aprendizagem de novas habilidades de processamento das informações e da aquisição de novos mecanismos de enfrentamento.

O que se deve esperar?

A TCC, além de ser empiricamente validada, é constantemente aprimorada e integrada aos conhecimentos neurocientíficos. Em alguns casos, a TCC deverá ser combinada com outros tratamentos, como farmacoterapia mediante avaliação psiquiátrica. A terapia é guiada por objetivos e resultados, com tempo delimitado e envolve atividades dentro e fora de sessão. Cada caso é avaliado antes, durante e depois do tratamento. Tarefas extra-sessão geralmente são prescritas para aumentar a efetividade da terapia. Técnicas cognitivas e comportamentais são empregadas conforme a conceituação do caso visando sempre a promoção de habilidades de resolução de problemas, do reconhecimento de pensamentos distorcidos, de comportamentos mal adaptativos e, como meta mais importante, fomentar a qualidade de vida de nossos clientes a curto, médio e longo prazo.

Além de levar em conta a efetividade de uma psicoterapia, é importante se atentar para as preferências de cada cliente e da expertise do(a) psicoterapeuta. Neste sentido, é indicado que o(a) terapeuta cognitivo-comportamental seja Psicólogo(a) ou Médico(a) Psiquiatra que tenha realizado estágios supervisionados na área, tenha frequentado cursos teóricos de TCC e se mantenha sempre atualizado(a) (i.e., realizando pós-graduação, cursos de curta duração, participando de congressos etc). Para saber mais entre em contato!